03:47 Venres, 26 de Maio de 2017
Terra e Tempo. Dixital Galego de pensamento nacionalista.
Un dos grupos de piratas que actúan no Golfo de Guinea 23-05-2017

Os piratas da zona mudaram o modo de operar e, agora, privilegiam a captura de tripulantes como reféns e a exigência de resgates

Aumenta a pirataria nos mares africanos

CARLOS LOPES PEREIRA


A pirataria está a aumentar no Golfo da Guiné, no Atlântico, e no Corno de África, no Índico, em regiões flageladas por guerras e fomes. A ironia é que hoje sejam os EUA, a grande potência imperialista, quem pretende «ajudar» os africanos na luta contra a pirataria. A mesma potência que, sobretudo desde a II Guerra Mundial, é responsável pelos maiores actos de pirataria em África e em todo o mundo.


0 comentarios |
Valoración
19-05-2017

O caso venezuelano, na actualidade, é boa mostra do poder destrutor, maquillador e de distracción que poden ter os media ante a miseria interna e as campañas interesadas externas

Dereitos humanos made in USA

XURXO MARTIZ CRESPO

As relacións de Estados Unidos co mundo baséanse nunha serie de intereses económicos.


O xornal mexicano La Jornada recomendaba aos mexicanos, hai anos, non viaxar aos Estados Unidos debido á súa alta taxa de criminalidade. A intención era contrapor os constantes sinalamentos desde os Estados Unidos (EUA) e Europa cara ao hemisferio sur verbo á súa perigosidade, á súa alta taxa de violencia... en definitiva, sobre a inexistencia de dereitos humanos.


0 comentarios |
Valoración
18-05-2017

Transcorridos 46 anos sobre a sua morte, recordar o amigo, o patriota, o cidadão exemplar, o intelectual revolucionário é para mim um dever

Álvaro Lins

MIGUEL URBANO RODRIGUES


Álvaro Lins é uma das mais notáveis figuras da intelectualidade brasileira, uma grande figura de democrata, de antifascista, de combatente pela paz, de revolucionário. Embaixador em Portugal na segunda metade da década de 1950 – num período em que, com a cumplicidade das “democracias” ocidentais, o salazarismo sobrevivia à derrota do nazi-fascismo na II Guerra - foi pelo Portugal resistente e contra o salazarismo que orientou a sua actividade, numa acção solidária que prosseguiu depois de abandonar o cargo, em ruptura com Juscelino Kubitschek.


0 comentarios |
Valoración

CARLOS GONÇALVES


14-05-2017

A «visita apostólica» do Papa Francisco a Fátima é uma breve viagem religiosa no centenário dos acontecimentos que estão na génese do Santuário e das peregrinações

Liberdade de consciência, de religião e de culto

0 comentarios |
Valoración

JORGE BEINSTEIN


10-05-2017

A tentativa de construção de uma ditadura mafiosa

Argentina em contra-revolução (acidentada)

0 comentarios |
Valoración

JORGE CADIMA


07-05-2017

Os bombardeamentos à Síria parecem ter apaziguado as rivalidades na classe dirigente dos EUA

Acordai!

0 comentarios |
Valoración

XABIER PÉREZ IGREXAS


06-05-2017

Sen mudanzas estruturais non hai transformación

Xestionar mellor non é transformar

0 comentarios |
Valoración

ÂNGELO ALVES


03-05-2017

Conquistado, como sempre, pela luta! E o PCP orgulha-se de ter estado, e continuar a estar, na primeira linha dessa luta

Vale a pena lutar!

0 comentarios |
Valoración
       ... 79  80  < anterior


Presentación do III Volume das Obras escollidas de Bautista Álvarez en Pontevedra


© Fundación Bautista Álvarez de Estudos Nacionalistas
Terra e Tempo (ISSN 1575-5517)
Avenida de Lugo, 219, 1º, 15703 • Santiago de Compostela • Galiza
981 57 02 65 – info#code#terraetempo#code#gal